Mazda 323

desde 1985 lançamento

Reparo e operação do carro



Mazda 323

+ Introdução
+ Motores de gasolina
+ Sistema de lubrificação de motor
+ Sistema de esfriamento de motor
+ Sistema de ignição
+ Sistema de provisão de poder, carburador, sistema de injeção de combustível
+ Motor diesel
+ Sistema de produção dos gases cumpridos
+ União
+ Transmissão manual
+ Câmbio automático
+ Suporte de forma triangular de interrupção e sistema de direção
+ Sistema de freios
+ Rodas e pneumáticos, corpo, coloração do carro, cuidado do carro
+ Sistema de equipamento elétrico
+ Aquecedor, sistema de iluminação, dispositivos
- Administrações e métodos de operação
   Antes de aterrissar no carro
   Gerência em
   Chaves
   Fechaduras de portas
   O dispositivo de fechamento uniforme (central) (se está disponível)
   A proteção contra peças de crianças (se está disponível, só em portas dos fundos)
   A janela de poder (se está disponível)
   Copos rotativos posteriores (em modelos de 3 portas)
   Assentos
   O ajuste da altura de uma roda de direção (se está disponível)
   Os cintos de assento (se está disponível)
   Tampa de costas/tronco de porta
   Abastecimento combustível
   Espelhos
   Cintos de bagagem
   A tampa de tronco (se está disponível)
   Roda de sobra
   Painel
   - Direção de roda e deslocamento de engrenagem
      Fechadura de ignição e coluna de direção
      Lançamento do motor
      Gestão de RKPP e caso de transferência
      Operação do carro com o câmbio automático
      Recomendações de operação econômica
      Tempostat (comutador do modo de manutenção de velocidade constante)
      Iluminar e luz alarma o sistema
      Proteja o lavador de pára-brisa e o pano para esfregar
      Painel de controle
      Outros dispositivos e equipamento
      Aquecedor e ventilação
      O condicionador (se está disponível)
      As lâmpadas de salão, transportadora de bagagem e lâmpada para ler (se está disponível)
      A escotilha móvel (se está disponível)
      Partida empurrando ou reboque
      Compartimento de motivo
+ Circuitos elétricos







Operação do carro com o câmbio automático
Para o movimento no modo habitual é necessário incluir só um passo de "D".

Se a alavanca da comutação tiver de acender-se na situação "R" ou "P" se a alavanca tiver de acender-se de "D" em "2" ou de "2" em "1", é necessário apertar o botão na maçaneta de alavanca que liga. Explica-se por uma flecha …. Na direção de uma flecha … a alavanca da escolha da transferência pode mover-se sem pressionar do botão.

Quando trocar a alavanca na provisão do avanço ou um apoio aperta fora um pedal de freio da provisão de um neutral ou o estacionamento.

  • Acenda a alavanca que liga na situação "R" e "P" só em não carro móvelmente permanente.
  • Nunca acelere o motor pela transferência incluída para a frente e o pedal de freio fora apertado.
  • Nunca mantenha o carro na subida devida aumentar na velocidade. Seguramente use o sistema de freios.
  • Ligue aos passos "1", "2", "D" ou "R" da situação "N" ou "D" que só perde tempo.

Lançamento do motor

Use a posição do N ou alavanca P.

Р — (posição do estacionamento)

Só inclua em não carro móvelmente permanente.

A posição do estacionamento não pode usar-se como um freio de estacionamento. Se deixa o carro desprotegido até para um pouco tempo, sempre aperta o freio de emergência, inclui a posição do estacionamento e tira a chave de ignição. O carro não pode deixar-se desprotegido com o motor de trabalho.

R — (Apoio)

Já que o movimento por um apoio só inclui em não carro móvelmente permanente.

N — (situação neutral)

A provisão de perder tempo (apertam fora um pedal de freio)

D — (movimento)

Este passo usa-se para o modo habitual do movimento. Os intervalos da comutação estabelecem-se considerando a operação econômica.

2 — (o segundo passo do movimento)

Esta situação deve incluir-se no tráfego pesado ou lento, no movimento em subidas, no momento do movimento abaixo de um viés da realização da maior força da frenagem, em uma partida do movimento no caminho escorregadio ou em outras situações nas quais a aceleração suave é necessária. Lembre-se de que no momento do movimento no segundo passo é impossível exceder a velocidade de 110 km/h, 100 km/h (1,3 l).

1 — (o primeiro passo do movimento)

Este passo fornece-se para o trabalho duro no reboque e para o movimento em encostas íngremes ou descidas. Lembre-se de que no momento do movimento no passo 1 é impossível exceder a velocidade de 60 km/h, 55 km/h (1,3 l).

Comutação obrigatória para abaixar a transferência (KICKDOWN)

(só em um passo do movimento D)

Quando colher ou no momento do movimento em montanhas completamente aperta fora o pedal de acelerador. A transmissão ligará automaticamente para abaixar a transferência.

Partida de movimento em grandes subidas

Aperte fora a perna esquerda um pedal de um freio e instale a alavanca que liga na situação "D" ou "1". Lentamente aperte a perna direita o pedal de acelerador e ao mesmo tempo lance um pedal de freio.